Como fazer planejamento financeiro de uma empresa

Home    |    Blog
Como fazer planejamento financeiro de uma empresa

Blog       8 de janeiro de 2018

Empreender é viver em constante planejamento, ter organização e plena consciência que se organizar faz toda diferença para que seu negócio dê certo. O planejamento financeiro precisa estar presente em todas as áreas; estratégicas gestão ou operações. É por meio do planejamento que o empreendedor verifica as falhas em seu negócio, onde define os objetivos, projetam cenários e define planos de ação.

Se você está achando tudo isso muito confuso, não tem conhecimento sobre planejamento financeiro ou está com planos para abrir uma micro ou pequena empresa, iremos lhe passar informações sobre como conseguir efetuar da forma correta o planejamento financeiro de uma empresa.

Como começar a planejar?

O planejamento é indispensável, pois no fundo é o princípio para quase todas as práticas do seu negócio; se não realizá-lo, não conseguirá tomar decisões estratégicas no seu negócio. Caso não realize as projeções, será inviável realizar uma análise e saber onde aplicar seus investimentos no momento certo, revisar custos e identificar onde estarão as melhores oportunidades para otimizar suas atividades. Por este fato, nenhum negócio pode deixar de realizar um completo planejamento financeiro.

Mesmo mostrando o quão indispensável é um planejamento, muitos empreendedores não realizam e acabam entrando em estatísticas ruins referentes ao mundo dos negócios. A reportagem do portal G1 de outubro de 2017 mostrou que, por dois anos seguidos, o Brasil fechou mais empresas do que abriu em 2015, cerca de 708,6 mil empresas foram abertas e 713,6 mil fechados em todo o país.

Você não vai querer fazer parte dessas estatísticas de falência de empresas, certo? A sua visão dos negócios deve sempre ser guiada rumo à vitória em seu negócio, portanto não vá abrir uma empresa sem conhecer o mínimo de um planejamento financeiro.

Por este motivo, listamos abaixo dicas que vão lhe auxiliar em um planejamento financeiro de empresa.

  1. Análise do futuro de seu ciclo operacional

Garanta seu capital de giro, faça planejamentos de seus gastos em todas as etapas dos processos utilizados na empresa como fabricação, compra, estoque, venda e entrega.

Claro que também deverá considerar as demais etapas que achar pertinente, faça uma análise realista de todas essas etapas, sendo realista, você correrá riscos calculados no planejamento financeiro.

  1. Estipular vários cenários

Fazer uma previsão de gastos é algo mais simples do que prever quanto entrará com as vendas, afinal, como planejar gastos sem ter a garantia de quanto irá estar disponível no caixa? Muito importante utilizar previsões para estipular alguns cenários, como sobrevivência — nessa previsão, se gasta apenas o necessário para saúde financeira da empresa.

Neste caso, o capital deverá ser suficiente para cobrir despesas, fazer investimentos e crescer nos lucros, para que o risco de falência passe longe.

  1. Negociação de preços e pagamentos

Uma boa forma de segurar dinheiro no caixa é pedir maiores prazos aos fornecedores ou efetuar parcelamentos, mas sem juros. Dessa forma, incluem-se as parcelas no planejamento sem pesar no orçamento.

  1. Pagamentos adiantados

Investir para ter dinheiro em caixa. Aproveite as promoções, descontos para compras à vista, etc. Esse tipo de ação facilita a entrada de capital.

  1. Tenha cuidado com os juros

Caso você não calcule o ciclo operacional e não negocie com os fornecedores, ou seja, não tome as ações colocadas anteriormente, você terá que recorrer a empréstimos, e isso é algo não vantajoso para a saúde financeira de sua empresa.

  1. Separe o caixa da sua empresa com o seu

Não cometa o engano de usar o dinheiro do caixa da sua empresa para usar a seu próprio favor, essa ação dificulta visualizar os resultados financeiros.

  1. O cálculo do preço ideal

Para analisar o custo de produção x expectativa de lucro, pró-labore dos sócios (pagamento por mês) e outros custos e variáveis que se acha o valor exato do produto ou serviço, o preço deve, invariavelmente, corresponder ao valor necessário para pagar todos os gastos e promover o crescimento da empresa.

O planejamento financeiro de uma empresa precisa ser controlado, os proprietários precisam ser rígidos quanto ao controle financeiro; saber o volume do ROI ou “Retorno sobre Investimento”

Com o ROI é possível saber quanto dinheiro a empresa está ganhando (ou perdendo) com cada investimento realizado, é uma medida muito utilizado na bolsa de valores, os investidores querem saber qual o retorno que estão tendo em seu investimento.

Basicamente é o lucro que, dividido pelo investimento feito, o número tem que ser sempre acima de 0, abaixo desse valor é prejuízo. Muito utilizado para realizar cálculos em todo o planejamento financeiro, principalmente se o seu negocio estiver no estágio inicial que o risco de erro é maior e tudo ainda está frágil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *