Quais são as responsabilidades do franqueado?

Home    |    Blog
Quais são as responsabilidades do franqueado?

Ao aderir ao contrato de uma franquia, o empresário é responsável por uma série de responsabilidades relacionadas ao seu negócio. Mesmo o Franchising sendo um setor mais consolidado e com marcas fortes no mercado, o empreendedor deve ser um bom gestor de sua empresa. Vamos conhecer as responsabilidades do franqueado e da franqueadora?

A boa gestão de uma franquia é um dos principais responsáveis pelo sucesso da unidade franqueada. O empresário torna-se um dos responsáveis para que isso ocorra, porém o empresário conta com o apoio e auxilio da franqueadora e isso facilita seu processo de gestão, aumentando as chances de sucesso na gestão.

Conheça aqui, os deveres e as responsabilidades de um franqueado e da franqueadora, e prepare-se para ser um empreendedor de sucesso!

Franqueadora e franqueado: Responsabilidades

1. Responsabilidades da franqueadora

  • Transferência de conhecimento e padrão de qualidade

É papel da franqueadora transferir todo o conhecimento, métodos de atuação e visão que a empresa pretende passar com a franquia. Afinal, um franqueado não conseguirá trabalhar em uma filial de uma empresa que ele não sabe o que faz.
O franqueado deve ser treinado, até mesmo para que a marca tenha um controle de qualidade que se estende para todas as franquias. Os métodos de gerência, administração e produção também devem ser passados para o franqueado, além de todo o treinamento com ferramentas de trabalho e materiais para apoio.

  • Dar suporte para o franqueado

O trabalho do franqueador não acaba quando o seu franqueado abre a filial. Muitos pensam que o trabalho da franqueadora termina assim que o franqueado abre a filial, muito pelo contrário. É trabalho do franqueador continuar oferecendo uma base sólida onde o investidor poderá se apoiar e ampliar seus negócios. Sem isso, em pouco tempo a franquia pode acabar deixando de ser vantajosa para as duas partes envolvidas.
Formas de suporte que a franqueadora deve adotar: marketing (divulgação da marca) e consultoria. Estabeleça um canal de comunicação direto e constante com seu franqueado, tire dúvidas pontuais e auxilie seus investidores para que todos se beneficiem e atinjam o sucesso.

  • Desenvolvimento e cumprimento do contrato

É função da franqueadora desenvolver um contrato conciso que esclareça todas as obrigações e direitos para um bom funcionamento do modelo de franquia perante a lei. Importante ressaltar que algumas cláusulas podem ser mais flexíveis, visando beneficiar ambos os envolvidos no negócio, porém sem abandonar as diretrizes previstas em lei.

  • Renovar materiais de capacitação

Assim como as tarefas da franqueadora NÃO acabam quando o franqueado assume uma filial, o treinamento também não. Toda empresa, de tempos em tempos, renova seus métodos de trabalho e ferramentas para se adaptar a realidade atual. O franqueador não deve ficar parado no tempo, com os mesmos materiais que começou, e é obrigação da franqueadora atualizar o investidor. Isso impede que as franquias percam rentabilidade, refletindo diretamente nos royalties recebidos pela empresa.

5. Fiscalizar a atuação correta dos franqueados

Todo franqueado possui obrigações legais a cumprir, sejam elas da vigilância sanitária, segurança ou qualquer outra. A tarefa do franqueador aqui é garantir que esteja tudo dentro dos padrões de qualidade da marca.

2. Responsabilidades do franqueado

  • Cumprir as cláusulas contratuais

É essencial ao franqueado ler e compreender muito bem o contrato de franquia antes de sua assinatura, pois após isso ele é obrigado a cumprir totalmente as cláusulas que foram estipuladas pela franqueadora. O contrato de franquia visa garantir os interesses de ambas as partes do negócio, por isso o franqueado e franqueadora devem segui-lo criteriosamente.

Além disso, a franqueadora também estipula as metas e resultados que o empresário deve alcançar em sua unidade. O empreendedor deve empenhar-se ao máximo para atingir essas determinações, garantindo assim sucesso para sua unidade e da marca da rede franqueadora.

  • Bom relacionamento com a franqueadora

A franqueadora oferece o suporte necessário para o empresário administrar seu negócio. Com isso, o empreendedor precisa ter um bom relacionamento com a franqueadora, mantendo sempre o contato de forma amistosa para que ambas as partes possam trabalhar para o sucesso da unidade franqueada.

A franqueadora é a responsável pelas ações de Marketing da marca, porém o franqueado precisa colaborar para que elas sejam bem aproveitadas e promovam o resultado desejado, que é o fortalecimento e crescimento da marca de das unidades franqueadas. O bom relacionamento dos dois lados favorece muito a conquista dos objetivos e metas da marca, afinal é isso que a franqueadora e o franqueado almejam e trabalham para que aconteça, não é mesmo?

  • Prestar informações

O empresário deve prestar informações solicitadas pela franqueadora, sendo essa uma das responsabilidades e papel do franqueado. Isso vai ajudar na avaliação do alcance das metas e cumprimentos das cláusulas do contrato, além de ajudá-lo a identificar se a sua gestão e operação na unidade está sendo bem sucedida.

O franqueado deve ter em mente que as informações prestadas para a franqueadora são cláusulas já definidas no contrato da franquia, por isso é uma obrigação do empresário manter esse diálogo e fornecer informações para a marca franqueadora. Outra prática bem válida é o de encontro ou reuniões para que ambos possam expressar suas opiniões e façam o alinhamento das metas e consolidação do acordo entre franqueadora e franqueado.

  •  Coordenar a equipe e operação da unidade

Os funcionários que vão trabalhar na unidade precisam se adequar aos valores e missão da marca franqueadora. Dessa forma, o empresário deve treinar de forma completa a sua equipe de trabalho, para que as atividades do dia a dia estejam alinhadas com a visão e valores da franquia.

A operação na unidade também deve ser feita de acordo com o modelo de negócios proposto pela franqueadora. O empreendedor deve estar sempre atualizado e proativo a implantar ações para melhorar e tornar a operação dentro da unidade franqueada mais dinâmica.

  • Colaborar para o crescimento e consolidação da marca

Lógico que a franqueadora é a grande responsável pela marca da empresa, porém o franqueado tem o dever de zelar e colaborar para o crescimento e fortalecimento da marca da franquia, e manter uma boa impressão na unidade franqueada colaboram para que isso aconteça.

É de extrema importância que, para que isso ocorra, o franqueado deve zelar pela qualidade na sua unidade, dos produtos e serviços comercializados, atendimento e equipe bem capacitada para exercer as suas atividades. Com unidade bem adequada às exigências da franquia, o consumidor terá uma melhor impressão da marca e dos serviços prestados, fortalecendo a marca e o crescimento do negócio como um todo.

Mas isso não é motivo para preocupações, pois muitas franqueadoras promovem treinamentos e oferecem consultoria aos seus franqueados, é o caso da Credfácil, que oferece franquias de crédito, um segmento de franquia que mais cresce no país. Além disso, a empresa ainda oferece assessoria aos seus franqueados, uma boa ajuda para o franqueado, não acha?

Através de consultoria e assessoramento, o empresário tem esclarecimentos e capacitação para oferecer os melhores serviços e o aumento da captação de clientes para o seu negócio, fortalecendo os negócios e aumentando os resultados da unidade e da rede franqueadora.

  • Focar sempre em resultados

Todo empresário sabe que no empreendedorismo, o resultado positivo é quase tudo, é ele que vai mostrar se todo esforço, treinamento da equipe, adequação as normas da empresa e aprimoramento da operação estão ou não sendo satisfatórios. O bom empresário deve sempre buscar aprimorar sua gestão para alcançar as metas do negócio.

Contudo, ele não está sozinho, pois a franqueadora presta o suporte para que a unidade consiga atingir as metas e resultados estipulados, mas isso não tira a responsabilidade e autonomia do empresário de administrar corretamente o seu negócio.

Esses são alguns dos deveres e das responsabilidades do empreendedor e da franqueadora que desejam obter sucesso e bons resultados em seu negócio no setor de franchising, um dos segmentos que mais crescem no país, apesar da crise econômica. Acesse o site da Credfácil e saiba tudo sobre como abrir uma franquia de financeira agora mesmo!

Blog       8 de fevereiro de 2018

ATENÇÃO!

A CredFácil jamais solicita pagamento antecipado aos clientes para iniciar operações. Se receber algum contato deste tipo, contate-nos.