Como separar os gastos pessoais dos gastos da empresa

Home    |    Blog
Como separar os gastos pessoais dos gastos da empresa

Blog / Investimentos e Finanças       15 de agosto de 2017

Você sabia que um erro grave quando diz respeito ao crescimento de uma empresa é misturar as contas pessoais com as contas empresariais? Por exemplo, alguns empreendedores acabam pagando as contas do carro, da escola das crianças e do supermercado com o dinheiro da empresa. Essa prática acaba criando uma desorganização total, levando até mesmo a uma possível falência do negócio.

É imprescindível que se pense em dividir os gastos da empresa e os pessoais. Para isso, é preciso ser organizado e não perder o controle. Alguns empresários quando veem que estão deixando de pagar as contas pessoais, vão tirando dinheiro da empresa para suprir essa demanda. Isso cria um ciclo de débitos totalmente prejudicial, por meio do qual a empresa tende a sofrer problemas de caixa severos, caso haja abusos.

Confira algumas dicas sobre como controlar os gastos e administrar suas finanças e as da sua empresa:

1.Use contas bancárias separadas

No momento em que for abrir a conta de sua empresa, opte por uma diferente da sua pessoal. Abra uma para pessoa física e outra para jurídica. Assim, não ficará tentado a mexer no dinheiro do seu negócio.

2.Estabeleça um pró-labore

Determine um pró-labore, como se fosse um salário fixo por mês, para não usar todo o faturamento em despesas pessoais. Assim, você vai saber quanto deve retirar por mês. Se todo lucro vai parar no bolso do dono, a empresa fica sem investimento.

3.Defina uma boa ferramenta para fazer registros financeiros

Há diversos softwares disponíveis no mercado que fazem o registro financeiro de sua empresa e te ajudam a ter mais controle sobre tudo o que sai e o que entra. Uma das melhores maneiras para controlar os gastos da empresa e as finanças pessoais.

4.Faça uma reserva financeira para os momentos de crise

Se a empresa estiver em crise em algum momento, é importante ter uma reserva financeira para que o contrário também não aconteça: você precisar usar do seu dinheiro pessoal para cobrir os gastos corporativos.

5.Conheça os produtos do seu banco

A falta de informação é um dos problemas das pequenas empresas. Por isso, muita gente acaba usando o cartão de crédito da empresa para compras pessoais e vice-versa. Por isso, converse bem com o gerente do banco para saber como aproveitar melhor os produtos empresariais e pessoais sem misturar as coisas.

Com essas dicas, você poderá controlar melhor todas as finanças, separando bem as da sua empresa e as pessoais. Vale lembrar que quanto mais organização e mais controle você tiver, mais sucesso terá o seu empreendimento. Sorte e sucesso a você 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *