10 dicas para te ajudar a abrir uma franquia

Home    |    Blog
10 dicas para te ajudar a abrir uma franquia

Blog / Empreendedorismo / Franquias / Investimentos e Finanças       17 de agosto de 2017

As franquias são ótimas oportunidades para quem quer começar um negócio próprio. Geralmente, elas já têm um sucesso consolidado e é possível empreender sem precisar começar do zero. No entanto, antes de iniciar a sua franquia, é importante tirar todas as dúvidas com o franqueador, estabelecendo uma meta do que precisa ser feito para que tudo saia como o esperado.

Nesse texto, vamos te mostrar algumas dicas sobre como abrir uma franquia de sucesso:

1. Defina o investimento total para a abertura do seu negócio

É importante que você defina quanto vai precisar investir. Custos para abertura da franquia, desde ponto comercial, equipamentos, instalações, estoque, despesas operacionais, taxa de franquia e capital de giro, tudo deve ser levado em consideração. Dessa forma, você não vai começar sem ter o dinheiro total em mãos, evitando o surgimento de dívidas futuramente.

 2. Questione sobre o faturamento mensal e sobre a margem de lucro líquido

Pergunte ao franqueador sobre o faturamento médio mensal que a franquia oferece e qual a margem de lucro líquido do negócio. Isso possibilita que se tenha uma ideia da rentabilidade da franquia. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o lucro varia de 10% a 15% sobre o faturamento.

3. Conheça sobre as regras e a duração do contrato

O contrato firmado entre franquia e franqueado é renovado a cada cinco anos. Dentro deste prazo, o empreendedor deve recuperar o investimento e ainda ganhar dinheiro. É preciso checar, também, como será feita a renovação. Conheça todas as regras firmadas em contrato, antes de assiná-lo.

4. Saiba mais ou menos em quanto tempo poderá recuperar o investimento inicial

A ABF trabalha com o prazo de retorno de 18 a 24 meses para microfranquias, que exigem baixo investimento, e de 36 meses para franquias que necessitam de investimento maior. No entanto, esse tempo pode variar de acordo com as particularidades da sua franquia.

5. Verifique se você tem o perfil de franqueado

Você precisa ter competências e gostar da área em que está investindo. Afinal, esse será o seu negócio e, para ter empenho e dedicação suficientes, você precisa gostar do que vai fazer.

6. Identifique o suporte oferecido pela rede

Entre em contato com o franqueador e descubra quais manuais serão entregues ao franqueado, como a matriz acompanhará as metas da unidade e como atuará para auxiliar na solução de eventuais problemas operacionais.

7. Descubra qual é o tempo de treinamento

Dependendo da complexidade do negócio, o tempo mínimo de treinamento é de 30 dias, mas é preciso conversar diretamente com o franqueador, pois pode variar de acordo com a franquia.

8. Encontre o ponto comercial ideal

O ponto comercial é um dos principais fatores de sucesso de uma franquia, por isso, é importante escolher um ponto que cumpra que cumpra os requisitos estabelecidos pelo franqueador, como fluxo de pessoas, perfil do público e renda.

9. Converse com outros franqueados da rede

Franqueados satisfeitos ou com mais de uma unidade da rede são bons indicadores do sucesso da franquia. Converse com eles.

10. Conheça a história da rede escolhida

Saiba há quanto tempo a franquia está no mercado, sua atuação no mercado e como enfrenta os períodos de alta e de baixa no consumo.

Com essas dicas importantíssimas sobre como abrir uma franquia, agora é só definir a sua rede de franquia e ter muito sucesso no seu próprio negócio. A CredFácil tem o modelo de negócio perfeito para você que quer intermediar e assessorar clientes interessados em obter crédito. Conheça a nossa rede de franquias de crédito 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *