Mercado financeiro tende a crescer em 2020

Home    |    Blog
Mercado financeiro tende a crescer em 2020

Mais um ano se inicia e este é o momento em que muitos investidores, empresários e estudiosos se juntam para analisar quais são as expectativas para os próximos 12 meses. Este ano, especificamente, traz muitas apreensões e expectativas, já que o Brasil vem se recuperando de um difícil processo de crise econômica. Contudo, o prognóstico é favorável, o que significa que o país está próximo de consolidar essa recuperação e apresentar melhoras para o quadro econômico. Afinal, onde investir em 2020 de maneira mais assertiva?

Segundo economistas do Banco Central, a tendência é que a economia tenha um crescimento de 2,3% este ano. Esta é uma previsão do Boletim Focus, uma pesquisa realizada com instituições financeiras e bancos. Caso seja confirmado, será o maior crescimento desde 2013, quando o PIB (Produto Interno Bruto) avançou 3%, o que revela um quadro bastante otimista ao mercado financeiro.

De acordo com especialistas, o PIB de 2019 já apresentou crescimento em relação ao ano retrasado, um avanço estimado em aproximadamente 1,17%, e as expectativas são de que esse número continue aumentando em 2020. Isto porque tudo indica que este ano o consumo será fomentado, e as pessoas estarão mais dispostas a fazer investimentos. 

Um fator que influencia muito nisso é a Selic, taxa básica de juros da economia, que estava bastante baixa ano passado e a previsão é que ela siga o mesmo ritmo em 2020, fechando em 4,5% ao ano, uma mínima histórica. Sempre que a Selic está baixa, significa que é um bom momento para investir, pois os juros estarão bem reduzidos, fazendo com que o consumidor economize bastante. A inflação controlada também é um fator a ser considerado como potencializador do consumo. 

Certamente, a economia tem dado claros sinais de que será recuperada, mas vale lembrar que ela ainda depende de muitos fatores, como a economia global, as reformas fiscais, a relação com países parceiros, entre outros. A avaliação dos especialistas, porém, é de que agora os riscos são menores e os incentivos para sua melhora, maiores.

 

Empréstimos também tendem a aumentar

 

Segundo artigo do Valor Econômico, o crédito consignado (com desconto em folha de pagamento) foi a linha que mais cresceu em novas concessões ano passado, e isso tem atraído grandes instituições financeiras, empresas de crédito, franquias de correspondentes bancários, bancos digitais e fintechs, que projetam avanço significativo para a modalidade também este ano. O crescimento, segundo o Banco Central, foi de 37,3% de janeiro a outubro, maior avanço entre as linhas de pessoas físicas com recursos livres.

Para ter uma ideia mais concreta, segundo dados da revista Isto É, de setembro de 2018 a setembro do ano passado, o Bradesco registrou que sua carteira de crédito consignado teve um crescimento de 24,1%, atingindo R$ 60,2 bilhões. No Santander Brasil, o salto foi de 25,6%. Em instituições menores, como o Banco Pan, parceria do BTG Pactual e Caixa Econômica Federal, o empréstimo consignado cresceu 25%, para R$ 12,8 bilhões na carteira.

Com a retomada do emprego, mesmo que lenta, e os juros baixos, como abordado anteriormente, a expectativa é de uma maior demanda por empréstimos. Sabe-se que o crédito consignado está em alta, sendo inclusive uma das linhas mais disponibilizados por empresas de crédito, mas empréstimos no geral cresceram e tendem a aumentar ainda mais. Segundo dados da mesma revista, em números gerais, o crédito livre para pessoas físicas subiu 16,3% em 12 meses, atingindo R$ 1,1 trilhão, e para pessoas jurídicas houve elevação de 9,3%, chegando a R$ 847 bilhões. 

 

Onde investir em 2020?

 

Com a economia se recuperando, o consumo aumenta e os investimentos crescem. Por isso, as pessoas recorrem cada vez mais a empréstimos, seja para abrir um novo negócio, para finalmente quitar uma dívida, para comprar um imóvel, entre outros. Vale ressaltar que, segundo especialistas, depois da fase da recuperação, o próximo estágio é de expansão econômica.

Sem dúvidas, o mercado financeiro estará em alta em 2020. Mas mesmo com uma economia desfavorável, as pessoas sempre precisam de empréstimos, fazendo com que o ramo seja muito vantajoso e seguro. Que tal aproveitar você também para investir em um novo negócio, uma franquia de crédito bancário? 

A CredFácil está entre as 12 franquias mais lucrativas e rentáveis do Brasil! Se está com dúvidas sobre onde investir em 2020, entre em contato e saiba tudo sobre como ser um franqueado no mercado financeiro e de empréstimos. Você já começa seu negócio apoiado por um nome reconhecido no setor e recebe um treinamento detalhado sobre a gestão do negócio! E para saber mais sobre crédito consignado, é só clicar e conferir o artigo.

Blog       27 de janeiro de 2020

ATENÇÃO!

A CredFácil jamais solicita pagamento antecipado aos clientes para iniciar operações. Se receber algum contato deste tipo, contate-nos.